top of page

O amor não escolhe idades



Um dia li uma frase que dizia “Pensar que o amor tem idade é uma forma de o limitar e não deixar que flua na sua máxima expressão. É impor-lhe condições antes mesmo de aparecer”.


Vivemos numa sociedade que procura desesperadamente pelo amor profundo e esta procura carregada de dor e sofrimento acontece muitas vezes porque vivemos presos em pré-conceitos sobre o amor que não permitem que ele se aproxime verdadeiramente de nós.


Estamos presos numa sociedade que se limita a status social, financeiro, profissões e a idades. A verdade é que a idade é um dos maiores fatores de não começo de uma relação ou de um não aprofundamento da relação.


Já ouvi centenas de histórias de amor que ficaram pelos primeiros encontros sobretudo pela idade. Não interessa se são mais velhos ou mais novos, mas a premissa basilar para que as relações não avancem é “chegará um ponto em que não será capaz de me acompanhar” – independentemente da idade.


Agora imagina, duas pessoas de idades diferentes conhecem-se e por mais que estejam a sentir o Amor delas despertar e até se expressar, a sua mente diz-lhes “esta pessoa não será capaz de te acompanhar”. E o romance que estava a nascer, morre por ali. Será que eles partilharam esta sua angústia um com o outro? A minha resposta é não.


E digo “não” categoricamente porque cada um sabe que se está a limitar a um preconceito. Seja porque teve um experiência passada, seja pela opinião de amigos ou familiares, o que importa é que ninguém se está a abrir verdadeiramente para o Amor e a partir desse momento a acreditar piamente que o amor escolhe idades, quando na verdade somos nós que escolhemos colocar esse limite.


Tenho uma novidade para ti: o Amor aparece de repente. Ele não escolhe idades, o lugar nem a hora. No Amor, a idade não deve ser categorizada. O Amor com uma pessoa mais velha pode ter a mesma intensidade que o Amor com uma pessoa mais nova. E repara, quando falamos de nos relacionarmos com uma pessoa mais velha, estamos a assumir que ela também vai namorar connosco – pessoa mais nova!


Temos a tendência de ver o Amor apenas por um ponto de vista, o nosso, quando as relações são sempre construídas a dois. O Amor escolhe pessoas não escolhe idades e quando mais rápido percebermos isto, mais felizes seremos.


A verdade é que a paixão, o amor, a sexualidade, o companheirismo, a cumplicidade e todas as premissas que constroem uma relação, não estão minimamente condicionadas a um corpo físico de idade biológica. Muito pelo contrário, elas estão associadas a uma energia vital, a energia do Amor.


O Amor tem a idade que lhe atribuímos. Uma pessoa de 40 anos pode ser extremamente imatura e uma pessoa de 20 super madura. O que é que a idade neste caso diz sobre elas? O Amor só tem idade quando lhe queremos dar um número e como já disse, isso são pré-conceitos de uma sociedade desesperada por ser Amada.


O Amor não escolhe idades, escolhe pessoas. Por isso se a tua relação ou a pessoa que estás a conhecer tiver os princípios de uma relação harmoniosa e saudável, qual é a tua desculpa para não permitires o amor entrar?


Dr. Eduardo Reis Torgal, Coaching



680 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


LWP_Logo_250_250.png
bottom of page