top of page

E depois da exposição ao VIH



Agora escrevendo sobre PEP (Profilaxia Pós -Exposição), um tratamento que pode ser feito depois de uma possível exposição ao VIH. Serve para impedir que o vírus se instale no nosso organismo e desencadeie a infeção.


O que é?


Depois de uma possível exposição ao VIH existe a PEP ou Profilaxia Pós -Exposição. Mesmo depois de o vírus entrar no organismo, demora algum tempo até provocar infeção. Por isso, se atuamos rapidamente existe a possibilidade de impedir a infeção.

A PEP apenas deve ser utilizada em situações de emergência e tem que ser iniciada ate 72 horas (3dias) depois de uma situação de risco, ou seja:

Indicações:

  • Qualquer relação desprotegida (sem preservativo ou na qual o preservativo se rompeu) com uma pessoa que não sabe se tem VIH ou não.

  • Após violação /abuso sexual.

  • Após exposição ocupacional, ou seja, depois de uma possível exposição ao vírus por acidente de trabalho (ex: profissionais de saúde).

Mas atenção que com a PEP, cada hora conta! Por isso, quanto mais cedo se iniciar a medicação maior será a eficácia.


Como ter acesso?


Para ter acesso à PEP no caso de ter tido uma relação sexual desprotegida, deverá dirigir-se o mais rapidamente possível a um Serviço de Urgência de um hospital público. Depois disso, um médico irá avaliar o risco de infeção e a pertinência ou necessidade de fazer PEP.

Será também feito um teste de rastreio do VIH para verificar se a pessoa já está infetada.


Em que consiste a PEP?


A PEP consiste na toma de 2 a 3 comprimidos todos os duas durante 4 semanas. A medicação de substâncias anti-retrovirais, ou seja, a mesma medicação que se faz quando se tem infeção pelo VIH.

Os efeitos secundários, mas comuns são as náuseas, vómitos e dores de cabeça.


Algumas notas sobre a PEP:

  • A PEP não substitui o uso de outras medidas preventivas da infeção pelo VIH. Por isso, o uso de preservativo continua a ser essencial!

  • A PEP não é adequada para quem tem exposições frequentes ao VIH.

  • Não é uma cura para a infeção pelo VIH porque assim que o vírus se instala no organismo não podemos removê-lo, mas sim controlá-lo.

  • A toma da PEP não da imunidade futura ao VIH.

  • A PEP não protege contra outras Infeções Sexualmente Transmissíveis.

Aqui o tempo é crucial, pois a janela de oportunidade para se começar este tratamento é de apenas 72 horas. Portanto, no caso de haver uma relação sexual desprotegida (sem preservativo ou na qual o preservativo se rompeu) é necessário recorrer ao Serviço de Urgência de um hospital publico.


Dra. Mafalda Cruz, Medicina Sexual





223 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


LWP_Logo_250_250.png
bottom of page