top of page

A excitação da fêmea Humana (mensagem para os machos)



Sim, esquecemo-nos se somos animais!


A Mulher (fêmea Humana) tem de ser excitada pelo macho Humano (homem) para que o coito possa acontecer. Estas são as “regras do jogo”.


O corpo tem vida própria, ditada pelo funcionamento dos nossos órgãos (entre eles o cérebro) que levam à produção de hormonas, as grandes responsáveis pelas suas respostas.


Passemos para a prática:

Muito se fala dos preliminares, de como são importantes para que o sexo seja satisfatório para ambos… Preliminares para a penetração!


Mas afinal o ato sexual resume-se à penetração?

Então vejamos, se o ato sexual é “apenas” quando acontece a penetração, e os preliminares são apenas as “tarefas” que o antecedem, então onde está o momento da excitação que leva AMBOS a querem ter sexo?

O processo de excitação é natural quando duas pessoas se estão a conhecer, em que surge aquela “química” e se inicia a corte, o namoro, lembram-se?

Mas à medida que o tempo passa, que o casal vai somando anos de relacionamento, muitas vezes com filhos pelo meio, esquece-se este passo essencial para que a fêmea continue a desejar o macho, e começam a aparecer as queixas de que é sempre ele a procura-la para terem relações sexuais.


Se repararem, o homem não consegue realizar uma penetração se não estiver excitado e a mulher? Consegue? A que preço? Será por isso que surge o desconforto, a tão falada falta de lubrificação? Enfim…


Parem de considerar o sexo como algo que acontece à noite, quando vão para a cama, como um dado adquirido, como algo pela qual não é preciso lutar…

Parem de achar que a mulher, depois de trabalhar, de fazer todas as tarefas da casa, de tratar das crianças, ainda tem de ter disponibilidade mental para ter sexo sem ser excitada.


Já experimentaram ajudar com as tarefas, quando estão com vontade de ter sexo? Fazerem com que a vossa fêmea esteja menos cansada e possa responder positivamente à vossa estratégia de excitação?


Procurem lembrar-se do início, usem a imaginação, façam jogos em que a penetração seja proibida, encontrem formas de “picar”, de excitar, a vossa fêmea para que ela queira tanto como vocês, ter relações sexuais e vão ver que a relação vai-se tornar muito mais interessante.


Dra. Susana Mesquita, Fisioterapeuta

196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


LWP_Logo_250_250.png
bottom of page