top of page

A Essência da Mulher, por Custódia Gallego,



Custódia Gallego, atriz, Mãe e avó de 64 anos e de signo carneiro. Cresceu no Alentejo, onde está a sua maior memoria de infância, mas aos 17 anos, decidiu rumar a Lisboa para estudar Medicina. Decidida a ser feliz, abandonou o curso e seguiu o sonho de ser atriz.


Foi no teatro que encontrou a sua cura, hoje é uma das atrizes mais queridas e conhecidas do público português e representa vários tipos de papeis desde dos cómicos aos dramáticos e registos como novela, cinema e sempre no seu coração o teatro.

Numa fase da sua vida, viveu e uma grande perda a do seu filho. Apesar desta tragedia passar por a sua vida, Custódia sente que é uma mulher realizada no seu trabalho e num dos últimos papeis da vida real, o papel de Avó.

Nesta entrevista ao Love with Pepper, esta mulher abre o seu coração e a importância do amor e sexualidade depois dos 60 anos.


Como define a palavra Amor?

AMOR é sentir que estou a fazer bem á vida do outro e que esse sentir faz a minha vida melhor , e sinto o AMOR. E que esse sentimento seja muito abrangente.


Qual foi o seu maior ato de amor?

Todos os dias acho que pratico atos de amor em todas as boas atitudes que faço ,em que me esqueço de mim, como ajudar os meus filhos, ficar com os meus netos.


Para si o que é a menopausa?

É a diminuição de capacidades físicas ao longo da nossa vida e a partir dos 40 anos e acontece nas mulheres. Normalmente, perde-se a tonicidade da pele, musculatura, peitos descaídos, entre outros fatores.


Como lidou com a entrada na menopausa?

Foi por volta dos 50 anos e só notei a entrada na menopausa quando deixei de ter período e dai ter recorrido ao médico em que este me propôs tomar um substituto das hormonas para os afrontamentos entre outros sintomas e na realidade adaptei-me muito bem.


Quais as alterações que o seu corpo teve pós-menopausa?

Tive a sorte de não mudar muito, o que acho é que quando não faço exercício físico com regularidade perco algum tónus muscular. No entanto, tento cuidar de mim com alguns tratamentos e procuro fazer uma alimentação saudável.


Que diferenças sentiu a nível de desejo sexual, libido e lubrificação?

O desejo, libido e lubrificação manteve-se, no entanto quando não se está bem ou o nosso estado de espírito não combina com o nosso bem-estar o desejo desaparece. No meu caso por vezes esses fatores têm mais importância na libido do que a menopausa, as circunstâncias da vida é que me tiram a libido.


Procurou alguma ajuda de um profissional?

Procurei ajuda na altura que perdi o meu filho, e também fui fazendo a minha auto psicoterapia, como eu lhe chamo, mas como tenho muitos amigos que são como família, normalmente é com eles que eu desabafo, deito tudo cá para fora e nesse campo isso ajuda-me bastante.


O sexo é melhor, pior ou diferente com o avançar da idade?

É diferente! Não consigo comparar, porque depende de muitos fatores como as condições físicas e psicológicas que nos encontramos, da relação com a pessoa com quem estamos e na fase da vida que se está, um todo.



Sente-se uma mulher segura a nível sexual?

Sim, porque acho que me dei liberdade de experienciar tudo aquilo que me foi possível e nunca tive muitos tabus em relação ao sexo. No início, sim tinha os meus receios que a minha performance não fosse a correta e de não satisfazer o meu companheiro, mas com o tempo ganha-se confiança e segurança em relação a isso.


Sente que ainda existe tabu em falar no desejo da mulher mais velha?

Diria que sim, mas não tenho dados que fundamentem isso porque as pessoas que envolvem o meu meio, não tem qualquer tabu ou preconceito em relação a esse tema. embora se confunda muito intimidade com sexualidade e intimidade com liberdade e é por isso que vêm os tais tabus.


Como é amar depois dos 60?

É um perguntar todos os dias se é mesmo amor e se a paixão não é preciso ou a junção das duas. Mas é uma questão que muitas vezes surge no meu corpo e procuro responder com as minhas experiências.


Como encara o envelhecer?

Bem, em quanto estiver ativa e como tenho vindo a envelhecendo até agora. tento não parar e conseguir fazer tudo o que é dentro da normalidade da minha idade , como socializar, trabalhar, exercício físico, estar bem ativa.


Sexualmente realizada. Vida feliz. O lema do Love with Pepper concorda?

Sim, concordo. Porque o ato sexual dá-nos uma satisfação e se vires o outro satisfeito, isso é muito gratificante para o ser humano e com certeza o resto corre bem.


O sexo é bom?

Por vezes sim e outras vezes não tanto, mas com o avançar da idade fica-se mais exigente e ás vezes não te é completamente gratificante ou frustrante.


Custódia Gallego, Atriz





27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


LWP_Logo_250_250.png
bottom of page